2561

Prefeitura Municipal de Belo Campo

Pular para o conteúdo
Última atualização:
|
Prefeitura Municipal de
Belo Campo

Carteirinha emitida pela Secretaria de Saúde permitirá atendimento prioritário, no município, para portadores de fibromialgia

20/05/2024 às 15h22

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Carteirinha emitida pela Secretaria de Saúde permitirá atendimento prioritário, no município, para portadores de fibromialgia

 

Na 52ª sessão ordinária do biênio 2023/2024, da Câmara Municipal de Belo Campo, foi entregue a Carteira de Identificação da Pessoas com Fibromialgia - CIPF para pessoas portadoras da doença. A entrega, desse documento, foi conduzida pelo Secretário de Saúde, Fábio Maia, juntamente com a Coordenadora da Atenção Básica, Adriana Lima e a Assistente Social e Coordenadora do TFD, Maricélia Alves. A posse, da carteirinha, garantirá atendimento prioritário, dentro do município, para todos aqueles que possuem fibromialgia e é assegurada através do projeto de Lei Municipal de nº 94 / 2022 de autoria do vereador Márcio Soares.

De acordo com o Secretário de Saúde, Fábio Maia, a Secretaria de Saúde é responsável por identificar a doença e confeccionar as carteiras. “Este trabalho é realizado pelo serviço social da Secretaria de Saúde; e as pessoas, que já foram assistidas e estão em posse da carteirinha, foram acompanhadas por atendimento especializado e o diagnóstico já foi fechado. A fibromialgia tem um diagnóstico complexo, e é necessário a presença de um especialista em reumatologia, porque existe outras doenças que são semelhantes e precisam ser descartadas. Então, as carteiras foram entregues as pessoas que já foram acompanhadas e fecharam diagnóstico”, relata o secretário Fábio.

A fibromialgia é uma condição crônica caracterizada por dor generalizada no corpo, sensibilidade nas articulações, músculos, tendões e outros tecidos moles. Além da dor, as pessoas com fibromialgia frequentemente apresentam fadiga, problemas de sono e outras dificuldades, como: problemas de memória e concentração, dores de cabeça e sintomas de depressão e ansiedade.

Segundo a Coordenadora da Atenção Básica, Adriana Lima, a carteirinha tem como objetivo proporcionar um atendimento prioritário dentro do município de Belo Campo para as pessoas que são portadoras de fibromialgia. “As dores crônicas os impedem de aguardar, por muito tempo, em filas por um atendimento; sendo assim, a carteirinha permitirá que os portadores sejam prioridade no atendimento ao público em locais, como: bancos, lotéricas, Unidades de Saúde e Hospital”, discorre a Coordenadora Adriana.

A Secretaria de Saúde realizou um trabalho de divulgação na cidade, em locais de atendimento ao público por meio de uma cartilha, e as pessoas que sofrem com os sintomas, e que desejam ter posse da carteirinha, precisam ir até à atenção primária, em uma das Unidades Básica de Saúde do município e fazer uma consulta com o médico da Unidade. “Após atendimento na atenção primária, pode iniciar alguns diagnósticos ou descartar outros que se assemelham a fibromialgia, como por exemplo: o reumatismo, artrite, artrose; logo após será encaminhado para a atenção especializada, onde acontecerá a consulta com o reumatologista, que será assistido na Policlínica Regional de Saúde”, explana o Secretário Fábio Maia.